Como fazer o Google encontrar o seu site?

Compartilhar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Confira as principais dicas!

Se você está começando a divulgar sua empresa na internet, com certeza deve estar se perguntando: como fazer com que as pessoas encontrem a minha marca de forma fácil e rápida no Google, não é mesmo?! Para isso, é preciso investir, principalmente, em conteúdos! Isso mesmo, os mecanismos do buscador leem apenas códigos e textos!

Por isso, é fundamental definir qual a mensagem que você pretende passar, bem como escolher as palavras-chave adequadas para, de fato, ser encontrado na internet. Como fazer isso? Bem, existem várias técnicas de SEO que podem ser utilizadas para facilitar esse processo. Mas, no artigo de hoje, vamos fornecer algumas dicas simples que você já pode começar implementar na sua empresa! Vamos conferir?

BLOG, SITE OU REDES SOCIAIS: QUAIS CANAIS SUA EMPRESA DEVE TER?

Antes de começar, vamos falar um pouco sobre as possibilidades que a internet oferece. Na hora de migrar para o ambiente online, quais canais de comunicação a sua empresa deve ter: blog, site ou redes sociais? Bem, é importante você entender que a web é um espaço totalmente conectado e multidisciplinar. Sendo assim, recomendamos que você tenha os três! Por quê? Vamos explicar!

– O site funciona como um cartão de visitas. Ele contém informações específicas sobre a empresa, tais como: preço; produtos e serviços oferecidos; localização; contato; visão e missão; história etc. São informações essenciais e úteis que dizem muito sobre a sua marca. Sem contar que ele permite a inserção de links, tanto para os blogs, quanto para as redes sociais.

– Já o blog proporciona uma liberdade maior para a criação de conteúdos ricos e densos que, certamente, vão agregar algo a mais nos seus produtos e serviços. Por meio dele é possível criar artigos, guias, infográficos, e-books, entre outros materiais que poderão ser disponibilizados nesse tipo de espaço.

– As redes sociais ajudam a estabelecer um relacionamento entre a empresa e o público. Sem contar que, através dela, é possível replicar tudo o que é feito no site e no blog. Existem vários tipos de redes sociais (Linkedin, Facebook, Instagram, YouTube). Contudo, você precisa encontrar a que mais está adequada ao perfil da sua marca para, então, investir!

Como é possível perceber, manter esses três canais em atividade de forma integrada funciona muito bem. Por isso, nada melhor do que começar criando cada um deles! Feito isso, você vai precisar adotar estratégias para ser reconhecido pelo Google! Para ajudar você nessa missão, elaboramos algumas dicas importantes para você colocar em prática!

CONFIRA 9 AÇÕES QUE PODEM SER APLICADAS, IMEDIATAMENTE, NA SUA EMPRESA!

1º – RESPONDA A INTENÇÃO DO INTERNAUTA: saber o que o seu futuro cliente procura é essencial! Você mesmo, quando deseja encontrar algo no Google, costuma digitar frases inteiras ou palavras específicas? Para responder de forma objetiva os anseios do seu público, você precisa descobrir o que ele almeja. Uma dica é responder as perguntas “o quê?” e “como?”. Geralmente, as pessoas estão procurando respostas para suas perguntas. Então, no momento de definir os seus conteúdos e as suas palavras-chave, leve em consideração a intensão do internauta. Esse é o princípio básico que vai guiar toda a sua estratégia. Cabe ressaltar, que para facilitar esse processo, é recomendável você ter a sua persona bem formada, ou seja, ter personagens fictícios que representem o comportamento e tenham as características do seu público-alvo. Isso irá ajudar muito!

2º – ESCOLHA AS PALAVRAS-CHAVE CORRETAS: elas representam os termos mais buscados pelos internautas. É por meio delas que eles buscam solucionar suas dúvidas. Sendo assim, elas irão direcionar toda a sua estratégia. As palavras-chave estão em tudo: nos conteúdos, nos títulos, nos posts, nos links, nas imagens, entre outros. Por isso, você deve fazer a escolha correta para ser encontrado pelo Google. Como falamos anteriormente, conhecer o seu público ajuda muito nessa descoberta dos termos mais procurados. A partir do momento que você sabe exatamente como é o seu possível cliente, você consegue responder aos seus anseios! Existem alguns aplicativos que ajudam a encontrar as palavras-chave mais relevantes. Dente eles, destacam-se: o Semrush; o Google Kayword Planner; o Answer the Publich e o UberSuggest.

3º – CRIE CONTEÚDOS INTERESSANTES: faça conteúdos que atendam às necessidades do seu público. Para isso, é interessante levar em conta o Funil de Vendas que ilustra toda a jornada de compras do usuário, desde o momento da descoberta do problema, passando pela consideração até chegar na efetivação da compra. Para cada uma dessas etapas é possível criar um conteúdo específico. Isso vai ajudar a atrair o público certo para o seu negócio.  Quanto mais completo, diferenciado e único for seu material, mais chances você tem de aparecer em primeiro lugar no Google. Algumas dicas importantes para você escrever bons textos:

  • Crie títulos que estimulem o internauta a ler seu conteúdo!
  • Mostre os benefícios daquele material!
  • Faça inter títulos para facilitar a leitura!
  • Utilize imagens interessantes, que acrescentem algo a mais!
  • Dê bônus, ou seja, conteúdos extras!

4º – ATUALIZE OS SEUS CONTEÚDOS: seu conteúdo deve ser a melhor opção para o internauta. Uma das principais características da internet é essa mobilidade, ou seja, essa dinâmica que faz com que tudo mude a todo instante. A sua marca pode alcançar o topo hoje, mas pode sair a qualquer momento. Por isso, é importante manter seus conteúdos sempre atualizados para que o Google não deixe de ranqueá-los.

5º – CRIE LINKS BUILDING: uma das principais estratégias de otimização de conteúdos. Os links building ajudam a aumentar o tráfego para o seu site e aumentam a sua credibilidade frente aos canais de busca. Eles podem ser internos ou externos. No caso dos links externos, o Google investiga as páginas que direcionam para o seu site para saber se elas possuem boa referência. Assim, quanto mais links você receber de sites confiáveis, melhor fica a sua reputação com o buscador. Esses links podem, ainda, serem internos, ou seja, incluídos na sua própria página. É importante ter em mente que todos esses links devem ser relevantes para o usuário. Não adianta nada você ter links direcionando para a sua página e eles não terem nenhuma relação com o seu negócio! Por isso, quando você for construir uma rede de links na sua página, leve sempre em consideração a experiência que o seu leitor vai ter.

6º – CRIE PARCERIAS: as parcerias são fundamentais para criar essa rede de contatos online. Então, encontre as pessoas certas para divulgar seus conteúdos. Os influenciadores digitais da sua área são uma ótima opção. Afinal, você pode ter os melhores materiais disponíveis, mas, ainda sim, se não tiver pessoas para indicar e defender a sua marca, você certamente não vai obter os melhores resultados! Por isso, faça uma pesquisa rápida e descubra quem são as pessoas mais influentes no seu segmento.

7º – INVISTA EM DIVULGAÇÃO: nem precisamos dizer que a divulgação é primordial no ambiente online, né?! Os sinais sociais afetam, e muito, o rankeamento do Google. Quanto mais pessoas falarem de você, melhor! Por isso, invista nas redes sociais e separe um orçamento para utilizar em anúncios e impulsões.

8º – FAÇA POSTS SATÉLETES: tudo na internet é feito de forma estratégica. Nenhum material está ali apenas por estar. Quando você vai elaborar um conteúdo, você deve levar em consideração todo o universo em torno dele. O post principal é conhecido como post pilar. É ele que vai dar sustentação para que outros assuntos sejam desdobrados. Por exemplo, se você vai elaborar um texto sobre “Academia Feminina”, você precisa descobrir quais são os outros tópicos que o seu público quer saber dentro desse assunto. A partir do momento que você consegue encontrar outras palavras-chave que tenham a ver com a demanda do seu público, seu conteúdo tem mais chances de ser encontrado. Mas, você pode ainda criar outros posts exclusivos para essas outras palavras-chave e linkar ao seu post pilar. Dessa forma, você terá vários conteúdos satélites “orbitando” em torno do seu post principal, gerando mais relevância para o seu site.

9º – PESQUISE A CONCORRÊNCIA: saber o que os seus concorrentes estão fazendo é imprescindível. Vale ressaltar que esses concorrentes não são apenas as outras marcas que vendem os mesmos produtos ou serviços que você, mas também aquelas empresas que produzem conteúdos para a mesma persona que você tem. Você precisa ficar atento a elas, por isso registre e documente qual o tipo de estratégia está sendo utilizada por eles. Quais canais de comunicação eles atuam? Quais são os posts mais comuns? Qual a frequência das postagens? Como é a interação com os usuários? Feito isso, você vai conseguir traçar uma estratégia mais competitiva.

Agora que você já sabe as principais ações que deve adotar para ser encontrado pelo Google, está esperando o quê?! Bora colocar em prática!

Se você ainda possui dúvidas sobre esse tema, entre em contato conosco que ajudamos você!

Deixe um comentário e não perca os próximos artigos!

Compartilhar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Artigos Relacionados

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.

Você quer vender e lucrar mais?

Você quer transformar visitantes em clientes? Quer uma máquina de vendas trabalhando no automático para o seu negócio?

Deixe o seu contato abaixo.