Aprenda a estruturar uma estratégia de marketing odontológico

Compartilhar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Dentista, se você não sabe por onde começar a executar uma estratégia de marketing odontológico ou ainda acredita que o marketing não traz resultados satisfatórios para o consultório, este artigo é para você. 

Segundo o Conselho Federal de Odontologia, o Brasil possui mais de 340 mil dentistas em atividade. Assim, você deve buscar estratégias, ações e meios para conseguir se diferenciar da concorrência e conquistar mais clientes.

Hoje, como estamos cada vez mais conectados, o uso de estratégias de marketing digital são essenciais para que você consiga atrair a atenção e confiança dos possíveis clientes. Continue lendo este artigo para aprender a estruturar uma estratégia de marketing odontológico.

Persona

Entender as características do seu cliente ideal é muito importante para que seu consultório ou clínica odontológica seja mais assertiva nas estratégias de marketing digital.

Assim, o primeiro passo para criar uma estratégia de marketing de sucesso, é a definição da persona, ou seja, o personagem que representam comprador ideal da sua marca.

Como definir a persona do meu consultório?

Na hora de definir a persona, é essencial que você tenha dados reais sobre os seus clientes, pois o achismo pode gerar resultados negativos para a sua sua estratégia de marketing odontológico.

Confira o passo a passo para criar a persona do seu consultório:

  1. Coleta de dados: realize pesquisas para levantar dados do seu cliente. Nestas pesquisas, você pode usar tanto ferramentas e instrumentos quantitativos (pesquisa de mercado e informações do Google Analytics, por exemplo); quanto qualitativos (entrevistas, questionários e grupo focal, por exemplo).
  2. Análise de dados: Tabule todos os dados coletados e busque analisá-los de forma minuciosa para identificar os padrões de resposta que vão ajudar você na definição da persona.
  3. Estruture a persona: depois de entender as informações e comportamentos dos seus clientes, é hora de dar vida às personas, descrevendo idade, suas características, dores, necessidades e todas demais informações que você achar interessante.

Veja um modelo de persona para o seu consultório:

Ana, 66 anos, aposentada e moradora de Juiz de Fora. Durante a vida, ela se descuidou da saúde bucal, o que levou a perda de dentes. Hoje, o maior desafio de Ana é recuperar a autoestima e se sentir bem com seu sorriso. Por isso, ela está em busca de tratamentos relacionados a estética periodontal.

Quais perguntas fazer para a persona?

Para coletar todas as informações necessárias sobre o seu cliente ideal, é importante que você faça perguntas relacionadas aos eixos de demografia, pessoal ou profissional, hábitos e consumo de conteúdo.

Veja perguntas que você não pode deixar de fazer:

  1. Qual a idade e gênero?
  2. Qual a escolaridade e profissão?
  3. Como é a sua rotina?
  4. Quais são seus objetivos? E seus obstáculos?
  5. Quais redes sociais você usa?
  6. Em que horário costuma consumir conteúdos?
  7. Quais são os assuntos que você mais gosta de acompanhar?
  8. Como nós podemos ajudar você em seus desafios?

Jornada do cliente

O sucesso por trás de uma estratégia eficiente de marketing odontológico é, entre outros fatores, entender a jornada de compra do cliente, isto é, o caminho que o usuário faz desde quando conhece a sua marca até agendar uma consulta odontológica com você.

Compreender a jornada é essencial para que o conteúdo da sua marca crie valor para o usuário e responda às necessidades deles.

Quais são as etapas da jornada do cliente?

1ª fase: Aprendizado e descoberta

O principal objetivo dessa fase é chamar a atenção de pessoas que podem se interessar por tratamentos odontológicos e fazer com que ela fique interessada na marca.

Aqui, como o consumidor ainda está despertando o interesse em determinado tema, você deve produzir posts de redes sociais e e-books com temas mais introdutórios.

2ª fase: Reconhecimento do problema

Nesta fase, o usuário já pesquisou sobre determinado tema e está reconhecendo que há algo de errado.

Como essa etapa é o momento ideal para gerar uma necessidade no usuário, distribua conteúdos mais profundos para que eles identifiquem um problema. Você pode usar formatos como e-mail marketing e artigos de blog.

3ª fase: Consideração da solução

Após reconhecer um problema e pesquisar mais sobre ele, o paciente já mapeou algumas soluções possíveis.

Dessa maneira, nessa fase é necessário que você compartilhe conteúdos como “antes e depois” dos tratamentos que você já realizou.

4ª fase: Decisão de Compra

É nesta fase que o usuário decide se contrata o serviço do seu consultório ou da concorrência. Aqui é o momento ideal de mostrar os seus diferenciais para convencê-lo a optar pela sua marca.

Pós Venda

É hora de fidelizar o cliente! Use o e-mail marketing ou o próprio WhatsApp para manter um relacionamento com o cliente para que ele volte para o seu consultório quando tiver outro problema e para indicar o seu nome para amigos e familiares.

Produção de conteúdo

Depois de entender o seu cliente ideal e o caminho que ele faz até optar por contratar um serviço do seu consultório odontológico, é hora de começar a tirar sua estratégia de marketing odontológico do papel.

Para isso, é preciso que você crie conteúdos interessantes sobre a sua especialidade odontológica, pois eles são a base para que a sua estratégia de marketing odontológico tenha resultados positivos. 

É através de um conteúdo educativo que resolve um problema ou que acrescente alguma informação importante, que os usuários irão se identificar com o seu consultório, começar a seguir o seu perfil nas redes sociais e, possivelmente, se tornarem clientes.

Como fazer um planejamento de conteúdo?

O planejamento de conteúdo ou o calendário editorial é uma ótima ferramenta para organizar e planejar toda a sua estratégia de marketing odontológico.

Com um planejamento, você antecipar conteúdos relevantes, melhorar a visibilidade e o reconhecimento do seu consultório.⠀

Veja como você, dentista, pode criar o seu calendário editorial:

  • 1º passo: Conheça a bem a sua persona;
  • 2º passo: Defina a frequência de postagens nas redes sociais, blog e e-mail marketing. É importante que você encontre um meio termo entre postar demais ou só postar de vez em quando e se preocupe mais com a qualidade dos conteúdos do que com a quantidade;
  • 3º passo: Crie a estratégia de conteúdo definindo os dias e temas das postagens, bem como outras informações que achar importante.
  • 4º passo: Analise os resultados dos conteúdos para entender se a estratégia está tendo resultados satisfatórios.

O que postar em cada canal de comunicação?

Na estratégia de marketing odontológico você pode explorar as redes sociais, o blog e o e-mail marketing. 

Independente do canal que sua persona estiver presente, invista no relacionamento, pois ele está se tornando um diferencial importante para dentistas. Além disso, o bom relacionamento ajuda a manter um contato mais próximo com seus clientes. O resultado, além de clientes satisfeitos, é a aquisição de novos prospects.

Redes sociais

É no Facebook, Instagram, Youtube, entre outras redes disponíveis que você vai ter, na maioria das vezes, o primeiro contato com um possível cliente.

Através das redes sociais você pode interagir e responder dúvidas ou comentários dos usuários, engajar a audiência, apresentar conteúdos relevantes em diversos formatos, realizar lives, mostrar bastidores e rotina, compartilhar depoimentos ou menções de clientes.

Se você deseja potencializar o seus resultados no Instagram, clique aqui.

E-mail marketing

O e-mail marketing também é uma ótima ferramenta para manter um contato mais próximo com o cliente. Através dele você pode divulgar conteúdos educativos do blog ou materiais ricos, parabenizar por datas importantes, divulgar novos serviços ou novidades, como nova técnica para implantes aprovada pelo Conselho Federal de Odontologia.

Veja 5 razões para investir no e-mail marketing.

Blog e site

Se um usuário buscar por dentistas no Google, é pelo blog ou site que eles terão o primeiro contato com seu consultório. Por isso é essencial ter um site e um blog completo, bem ranqueado e com informações sobre sua especialidade odontológica.

Falando especificamente do blog, por meio deste canal você consegue educar os usuários, aumentar a autoridade e facilitar o processo de compra.

Você possui outras dúvidas sobre marketing odontológico? Se precisar de ajuda para definir e executar uma estratégia de marketing digital eficiente, entre em contato conosco.

Compartilhar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Artigos Relacionados

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.

Você quer vender e lucrar mais?

Você quer transformar visitantes em clientes? Quer uma máquina de vendas trabalhando no automático para o seu negócio?

Deixe o seu contato abaixo.